Introdução

Neste artigo, vamos analisar a definição do termo canais de marketing, a importância dos mesmos e perceber como funcionam.

Para além disso, vamos apresentar os canais de marketing digital, como definidos pela Google, e também como a maioria das empresas aborda estes canais. Depois, damos alguma dicas práticas para escolher estes canais de marketing.

O que são Canais de Marketing

Os canais de marketing são os meios utilizados por uma empresa para fazer os seus produtos chegarem aos seus potenciais clientes. Da mesma forma, são o caminho para levar o seu produto ao cliente final.

Pensemos na definição de canal – o canal é um meio de distribuição.

O canal de marketing poderá assim ter como objetivo fazer o produto chegar ao local onde o consumidor espera encontrá-lo.

Exemplos canais de marketing de uma grande empresa:

Gráfico com Canais de Marketing de uma Grande Empresa
[Fonte: RD Station]
Uma pequena empresa:

Gráfico com canais de marketing de uma pequena empresa
[Fonte: RD Station]
Diferentes canais para diferentes empresas – sim! No entanto a definição de canal de marketing mantêm-se a mesma.

Importância dos Canais de Marketing

A distribuição confortável dos produtos e a facilitação do acesso por parte dos clientes ao mesmo é um dos pontos principais de importância de possuir bons canais de marketing.

Uma venda por grosso de um produto poderá requerer a deslocação de um cliente ao local de compra para efetuar uma encomenda, pelo que se o vendedor do produtor aceitar pedidos pela internet (criando este canal de marketing), facilita em muito o processo de pedido de encomendas ao seu cliente.

Desta forma, criou um canal de marketing, para distribuir o seu produto, de forma facilitada.

Funcionamento dos Canais de Marketing

Um principal canal de marketing será aquele em que vende diretamente ao consumidor. Pense, por exemplo, num criador de galinhas que vende ovos diretamente ao consumidor, sem necessitar de os vender via supermercado ou loja.

Se possui uma loja online, estará também a vender diretamente ao consumidor.

Mas nem todos os produtores/vendedores têm a possibilidade de fazer esta venda direta.

Dessa forma, utilizam intermediários para concretizar esta ação.

Estes intermediários assumem várias formas, tais como:

  • Grossistas
  • Retalhistas
  • Distribuidores
  • Comerciais/Vendedores/Comissionistas

Canais de Marketing Digital

No marketing digital, existem canais padronizados, como definido pela própria Google, no Google Analytics. Estes canais são:

Existem também aquilo que podem ser considerados os canais principais, sendo estes considerados assim por muitas agências, e o mercado em geral:

  • Social. Canal importante para a distribuição de conteúdos por parte das empresas, para fins de relacionamento e angariação, com e de, clientes e potenciais clientes.
  • Email. Uma presença essencial, é um dos principais canais de comunicação digital. É uma ótima ferramenta de relacionamento.
  • Pesquisa orgânica. Conseguindo apanhar os clientes nas várias fases da Jornada de Compra, a pesquisa orgânica pode ajudá-lo a chegar a clientes já mais avançados nesta jornada. Representa um canal de aquisição muito importante.
  • Referência. Focada na criação de referências à sua empresa em sites úteis, de forma a poder gerar tráfego (principalmente) a partir destes sites.
  • Tráfego Direto. É o tráfego que chega diretamente ao seu website. Representado pela escrita direta do seu URL no browser.
  • Media Paga. É o investimento direto de recursos financeiros para melhores resultados neste tipo de media. Existem três tipos principais:
    • Publicidade nas Redes Sociais. Anúncios de Facebook e outras redes sociais.
    • Pesquisa paga. Comumente AdWords.
    • Rede Display. É a rede de display (mostragem) de anúncios da Google. É a compra de um espaço para publicitar, na rede de websites selecionada ou atribuída.

Como escolher os melhores Canais de Marketing

O gestor de marketing de uma empresa irá escolher e gerir os canais de marketing – fator determinante no sucesso da sua estratégia de marketing.

Os 4P’s de marketing abordam esta atividade, na área dos ‘Pontos de Venda’.

A tarefa de escolha de um canal de marketing envolve a criação de uma rede através da qual a sua empresa vai ao mercado, mantendo o contacto com os clientes e focando-se no gerar de procura e entrega dos produtos, entre outras atividades.

Para selecionar qual os melhores canais, deverá ponderar qual a estratégia que está mais alinhada com o seu produto. Poderá assumir, por exemplo, vários tipos de distribuição:

  • Intensiva;
  • Seletiva;
  • Exclusiva.

Estas aplicam-se a diferentes tipos de produtos e estratégias.

Para melhor perceber a tomada de decisão de escolha de um canal de marketing, ficam algumas dicas práticas para tal:

  • Faça uma avaliação dos mercados
  • Determina as características comportamentais e necessidades dos clientes
  • Determine as características essenciais do produto
  • Defina as características que os intermediários devem possuir
  • Faça uma avaliação de qualidade das empresas que serão intermediárias

Tendo em mente o grau de satisfação do consumidor, selecione intermediários que poderão também preservar a sua marca, sendo compatíveis com esta.

Os canais digitais estão também passíveis do mesmo tipo de processo de seleção, e numa fase inicial é benéfico ponderar qual os melhores canais para si. A Digicom, por norma, recomenda um processo padrão que traz melhores resultados para as empresas. No entanto, cada caso é um caso, e deverá ser abordado com tal.

Todas estas decisões farão parte da sua estratégia de conteúdos, portanto não hesite em visitar este artigo sobre para o seu negócio, para melhor perceber o contexto de seleção de canais de marketing digital.